Bem vindos ao sítio da Associação 27 de Maio

25.05.2004

27 de Maio

Através deste moderno e poderoso instrumento de trabalho, a Internet, é vontade dos que constituem esta associação promover um espaço, onde o propósito seja trazer à luz do dia experiências que ajudem a clarear de uma forma terminante, quem, como, onde e porquê desapareceu uma imensidão de Angolanos, antes, durante e principalmente depois do dia 27 de Maio de 1977.

Ainda é tempo de voltar a rever documentos, estudar processos, reler jornais da época, exercitar a memória e entender porque fomos nós os escolhidos. É preciso ter perseverança para reler discursos de todos os protagonistas, dar a conhecer o que se escreveu e que intencionalmente foi ocultado, desmontar as mentiras veiculadas, conhecer a verdadeira conclusão da chamada “ Comissão de Inquérito ao Fraccionismo ”, compreender e situar os incendiários e provocadores editoriais do Jornal de Angola, descobrir o porquê da participação de alguns intelectuais na chamada “Comissão das Lágrimas”, enfim é tempo de não deixar cair no esquecimento a memória de todos aqueles que já não completam o nosso convívio.

- Categoria Historial

Comentários

25 Reacções a “Bem vindos ao sítio da Associação 27 de Maio”

  1. Helder Aderito Mussunda Cassul 05.12.2005 - 09:52:55

    Quero saber mais sobre o que esteve na base do 27 de maio.

  2. Calomboloca 01.06.2007 - 15:54:40

    Lentamente…..lentamente, lá vão assinando a petição. Temos que ser mais rápidos e mais corajosos senão nem daqui a 30 anos temos o movimento de opinião. E para quando a lista dos desaparecidos? E as biografias?? Continuem e bem hajam

  3. Camunha 25.10.2007 - 22:52:44

    Quero saber pra q servem os testemunhos ? continuamos todos escondidos . Os carrascos estão calados q nem ratos há espera do n/ esquecimento e nós os inocentes num silêncio q até dói . Saíram dois livros de gente corajosa mas, mesmo assim continuamos sem tomar iniciativas . Acho q o nº de mortos vai subir com os mortos-vivos.

  4. MANUEL FERNANDO KURIZEMBA 22.07.2008 - 14:28:28

    qual foi afinal de contas do meu e favorito NITO ALVES. sou dos Dembos e nós somos muito inteligentes por natureza, acho eu que é por isso que não temos um espaço aberto para mostrar o que somo de natureza: Matematico, filosofo, sociologo, psicologo, etc.

  5. JOÃO KURIZEMBA 22.07.2008 - 14:30:59

    ELE SE FOI MORTO OU NÃO, NÃO SE ESQUECEM QUE NÓS ESTAMOS AQUI E PRESTES A ENTRAR EM ACÇÃO… O 27 DE MAIO PODE E VAI SE NOTAR NOVAMENTE UMA REALIDADE

  6. FAMLY LOURENCO 05.12.2008 - 15:13:55

    realmente foi muito lamentavel o que passou em Angola no dia 27 de Maio de 1977, muitas familias ficarao divididas desde este dia, medo, magoa,odio,ajuste de contas. tenho um tio embora ja falecido tambem viveu maus momentos na cadeia em 2004 ele contou-me mesmo que nunca averia de perdoar o sr. carlos jorge, e o sr veloso porque eles lhe vizeram na cadeia ele mesmo dizia nao se faz a ninguem ate lhe dizia voce dize que vais ser Ministro? e riam dele. pronto embora ele nao ter escrito nada sobre o assunto infelizmente ele acabou por morrer em lisboa no dia 1 de Setembro de 2005 e o Sr. Joao Landoite Lourenco ele mesmo chorava ao contar o que carlos jorge e o veloso avia o feito…

  7. Casimiro Serra 14.02.2009 - 00:40:12

    LIVRO DE EDGAR VALLES

    Gostaria de saber se alguém me pode ajudar com a localização de um livro escrito em 1978 (?) – 1979 (?), por EDGAR VALLES, irmão de Sita Valles sobre o 27 DE MAIO DE 1977 em angola.

    Qual o título? Editora? Quantas páginas? E a capa? Preciso de conhecer a imagem da capa.
    Agradecido.

    Casimiro Serra

  8. francisco nunes 05.05.2010 - 08:12:19

    O meu objectivo não é fazer comentário sobre qualquer matéria relacionado o dia 27 de maio de 1977, nem tão pouco dos que seguiram e os que lhe antecederam.Fica para a próxima.

    Meu próposito é mandar saudações REVOLUCIONÁRIAS aos a vcs todos em particular ao João de almeida e ao Carlos Pacheco meus acompanhante na celebre Informação oficial do MPLA acerca dos acontecimentos.

    Estou ainda entre o mundo dos vivos.

    KUDIA.

  9. Aduzinda conceiçao 30.08.2010 - 16:01:45

    O 27 de Maio vai entrar legalmente nas paginas da historia de Angola…
    vamos fazer tudo para que isso seja possível, vamos espalhar a verdade.

  10. Fernando Martinho 15.09.2010 - 17:21:47

    Para quando a constituição de uma comissão dos desaparecidos à semelhança da Argentina e do Chile?E a indicação da localização das valas comuns?

  11. luzidio segunda 04.03.2011 - 18:13:29

    sejamos persistentes, porque nada apagará as memorias do 27 de maio nem que for daqui a 2000 anos.

  12. revoltado55 05.04.2011 - 19:12:31

    Aproxima-se os 34 anos apos os acontecimentos do 27 de Maio de 1977. Nos angolanos devemos insistir que o Mpla nos diga onde estao as valas comuns, onde foram enterrados os nossos familiares e amigos.Nao partilho nem nunca partilhei com ideias fraccionistas, pois devemos expor as nossas ideias em terreno proprio. O erro foi do Dr. Agostinho Neto
    que nao conseguiu controlar os ditos fraccionistas logo apos o III plenario do comite central. Se ele sabia quem eram porque nao os prendeu… Errou, e para reparar o erro stalinizou “apanhem-nos e fuzilem-nos”, sumariamente sem julgamento. O JES deve ter a coragem e firmeza de aceitar a realidade e explicar aos angolanos a verdade do 27 de Maio. Compreendo a fraqueza do Dr Agostinho Neto na altura do 27 de Maio, traido por jovens que ele reconhecia merito e inteligencia.
    Claro que o JES podera dizer que a situacao estava sem control com a perda dos camaradas, mas.. 34 anos volvidos e altura de completar uma parte da historia angolana.
    E altura de me lembrar dum grande amigo e Camarada Paulo da Silva Mungungo “Dangereux”,
    morto pelos ditos fracciomnistas no 27 de Maio.
    A esposa Batalha e aos filhos o meu grande abraco.
    Nao estou de acordo no mundo civilizado de hoje, haver julgamentos sumarios… mas… Nao houve chance de fazer, ha que reparar os erros do passado, para que nao se repitam

  13. revoltado55 05.04.2011 - 19:33:56

    Muitos dos meus amigos foram fuzilados na Frente Leste. Por favor peco ao governo angolano que passe certidoes de obito aos familiares. Imploro ao Presidente angolano que mande executar, afinal e o chefe supremo da nacao. Repare os seus erros hoje, porque amanha pode ser tarde. Nao tente tapar o sol com a peneira. O povo nunca se esquece do bem que lhe fazem, mas revolta-se com a mentira com a hipocrisia com a maldade.
    Dou alguns nomes: Paulo Cadavez, Paixao Franco, Inguila, Fernando Tonet,Elisiario dos Passos Vieira Lopes,Gilberto Saraiva de Carvalho,Assis Paulo Jorge Visseca, Vaz da Conceicao”Ceguinho” Alice Agostinho Neto, Isabel e muitos, muitos outros, todos desaparecidos na Frente Leste. Nao tiveram direito a julgamento, mas nao se sabe onde estao…Fuzilados?…Culpados ou inocentes?

  14. revoltado55 05.04.2011 - 19:46:19

    Ha sobreviventes do 27 de Maio, entao eles podem ajudar os angolanos a escrever uma parte da historia angolana. Alguns ate fazem parte do governo angolano.
    Muitos foram procurados mas nao encontrados, tiveram sorte… foram bem escondidos durante muitos anos Afinal a DISA e os seus carrascos nao eram tao eficazes.
    A regiao dos Dembos e propicia para isso e os carrascos so gostam da cidade… Estes sobreviventes podem ser uteis para testemunhos futuros para completar a historia

  15. revoltado55 05.04.2011 - 19:52:12

    Uma parte do 27 de Maio e o campo de concentracao da Kalunda, perto do Kazombo na Frente Leste. Quem la esteve deve dar o seu testemunho. Explique as atrocidades dos carrascos da DISA, as agruras da vida que por la passaram. Nao tenham medo, facamos historia.
    Culpados ou inocentes?…

  16. revoltado55 16.05.2011 - 16:44:57

    Ha que lembrar o 27 de Maio dee 1977, uma vez que se aproxima os 34 anos do massacre.
    Devemos enfrentar a realidade, e pensar nos nossos amigos e familiares que desapareceram na altura.
    Os Carrascos de inocentes devem ser julgados em tribunal internacional doa a quem doer.
    Alguem disse:”O confronto nem sempre traz uma solucao para o problema, mas enquanto nao enfrentarmos o problema nao havera solucao”
    A DISA que nos diga quantos angolanos foram fuzilados e atirados em valas comuns.
    Governos ocidentais que apoiam riquezas de angolanos com as maos cheias de sangue. Tenham vergonha…Pinochet era um anjo comparado com os carascos da Disa

  17. John Baptista 08.06.2011 - 16:33:54

    hoje lembrei-me de outro camarada desaparecido na frente leste “Carlos Faceira”. Grande companheiro.
    Bem Haja Carlitos

  18. Carlos Araújo 13.06.2011 - 10:41:14

    Onde posso adquirir em Luanda o Livro de José Fragoso- Nito Alves, a última vítima do MPLA?Alguêm que saiba responda-me por favor

  19. Dacasa 26.11.2011 - 16:33:35

    O MPLA da e tira…..mas quem quiser tirar a prova dos nove é só ir até as bandeirinhas e procurar que encontraram parte dos cadáveres do 27 de maio de 1977entre eles esta o José Manuel Fontes Pereira vulgo Pai-quê,e outros tantos….é só procurar.

  20. revoltado 28.11.2011 - 18:54:06

    Quim de Figueiredo. outro grande companheiro da Frente Leste, desaparecido ou executado pelos carrascos da Disa?

  21. machivelli niccolo 16.12.2011 - 08:49:19

    EU QUERO SABER OS NOME DESTE ASSACINOS DO GOVERNO DO MPLA QUE MATAR MUITA GENTE E NUNCITES PARA TUMA O PODER

  22. Piri-Dembos 25.04.2012 - 22:13:03

    nem quero comentar,mas quero saber a verdade se quem foi que a vida do nosso irmão dos Dembos-Piri.Patido com este tipo de comportamento negativo de tirar aos quadros do país,quando é isso vai desenvolver,quando é que vamos verdadeiros cientista de pensemento contruitivo,mostrem este partido assacino.

  23. Piri-Dembos 25.04.2012 - 22:31:15

    como angolano devemos enfrentar a verdade ,porque é com a mesma que nos tornamos libertos,nossos parentes desapareceram(Nito),por defender os direitos de um povo ,o conflito nem sempre traz-nos paz ou solução de varios problemas.Um país sem verdade é um país incorrigivel.

  24. Belo Andrade e Silva 02.04.2013 - 14:48:14

    machivelli niccolo concordo consigo o assassino tem que ser denunciado

  25. Amelia 26.01.2014 - 07:12:28

    Obrigado por existir alguma coisa que fale sobre este triste dia. Eu sou neta de alguém que esteve directamente com nito alves jose van-dunem e, pouco sei sobre o que aconteceu com ele na realidade o nome dele é dito nas notícias uma vez por ano na ocasião dos anos da cidade de Luanda…. estou farta deste tratamento

Deixe um contributo